Whatsapp e e-mail: Dicas para não pecar na escrita! :: Blog :: JF Empregos - Vagas de emprego em Juiz de Fora e região.

Publicidade

Fechar [x]

Blog


Colunistas

Coluna

Inteligência financeira pessoal

Jorge Felipe Miguel

Coluna

JF Empregos

Equipe JF Empregos

Coluna

Mercado de trabalho e carreira

Flávia Gouvêa

Coluna

Português certo = Emprego certo

Prof. Macarrão Santos

Coluna

Sucesso profissional na era digital

Adriano Sant'Anna

Coluna

Liderança e qualidade

João Carlos Batista


Colunista: Prof. Macarrão Santos

Português certo = Emprego certo

Prof. Macarrão Santos

Whatsapp e e-mail: Dicas para não pecar na escrita!

Publicado em: 05 de Novembro de 2018

Whatsapp e e-mail: Dicas para não pecar na escrita!

Vamos lá!

Primeiro, vou continuar a falar sobre o gerúndio. Deixei em aberta uma questão sobre o assunto: a questão gráfica que envolve o gerúndio.

Merece atenção!

Por conta da fala, é comum que a grafia seja “contaminada”. Sim, isso mesmo! Nós não falamos o D do NDO do gerúndio, aí é comum que façamos o mesmo na hora de escrever: “falano”, “jogano”, “resolveno”, “comprano” e por aí vai.

Então, fique atento! Se tem gerúndio, tem NDO, não pode “engolir” o D.

Meu outro tema para hoje é o encerramento de mensagens mais formais. Refiro-me particularmente ao uso do “Atenciosamente”.

A primeira informação é que ele deve ser seguido de vírgula sempre: “Atenciosamente,”.

Outra questão diz respeito à abreviação deste fecho. Corriqueiramente, as pessoas usam como abreviação a forma “Att.,” e (novidade para a maioria) essa não é a forma correta.

Preparem-se para a novidade, a forma correta é “At.te,”! Isso mesmo, “At.te”!

O Att. que nós utilizamos não corresponde ao que queremos expressar. Att. é abreviatura do inglês “Atention to” que equivale ao nosso “A/C”, portanto não é a forma correta para encerrarmos uma mensagem.

A recomendação que eu daria para ser mais seguro seria utilizar a forma por extenso “Atenciosamente”, pois é tida como mais cortês, elegante, e, principalmente, fora de polêmica. Afinal, quem vai “te ler” pode não saber a abreviação correta e ainda achar que você quem errou ao utilizar “At.te,”.

Então, ficamos por aqui! Grande abraço e até a próxima!

At.te,

Professor Macarrão.


Mais de 4029 empresas divulgando
suas vagas no JF Empregos




VER TODAS AS EMPRESAS